Bolsa de Negócios e Emprego de Angola

Queremos Ajudá-lo(a)

Somos um portal que procura ajudar

todos os angolanos que estão desempregados

ou que pretendem mudar de emprego.
Você está aqui: Início
  • Decrease font size
  • Default font size
  • Increase font size
Nove anos de paz permitiram interligação de oito capitais de províncias por estrada

Falando propriamente de 2011, realça-se a conclusão dos troços Quibala/Waku kungo, Kifangondo/Caxito/Uige/Negaje,
Luanda/Sumbe/Benguela, Huambo/Bié, Luanda/Ndalatando/Malange, Namibe/Huíla.   

Sobre pontes, um levantamento recente aponta que em diversas regiões do país foram instaladas, nos últimos anos mais de 400 pontes nos principais eixos rodoviários nacionais.

Entre as pontes já concluídas estão também as dos rios Catumbela, Dande, Keve, Lucala um, Kwanza, Calombutão, Calonga, Kunhunguembua, Lufefela, Kwanza (Cangandala) e ainda passagens superiores dos Caminhos de  Ferro de Luanda, nas províncias do Bengo, Kwanzas Norte e Sul, Benguela, Huíla, Huambo e Luanda.

Enquadram-se ainda neste grupo as pontes sobre os rios Bero, Giraúl, Cavaco, Coporolo, Cubal da Hanha, Cunene, entre outras.

No domínio das pontes, das cerca de mil e 500 existentes ao nível da rede fundamental de estradas, aproximadamente 500 delas encontravam-se parcial ou totalmente destruídas em 2004.        
   
Para o período subsequente (2011/2013) prevê-se a reabilitação de um adicional de 7,500 quilómetros da rede fundamental e complementar, incluindo 1,400 pontes de diverso porte.

Este ano será implementado um programa de conservação e manutenção de estradas e pontes, tendo o Ministério do Urbanismo e Construção, através do Instituto de Estradas de Angola (INEA), efectuado a pré-qualificação das empresas.

 Fonte: Angop, 04 de Abril 2011

 
Faixa publicitária