Bolsa de Negócios e Emprego de Angola

Publicidade no BNE

Sabia que pode publicitar a sua Empresa ou Instituição no BNE ?

Poderá ter spots publicitários no nosso portal, como igualmente ter acesso a um serviço de Newsletter publicitário, único no País. CLIQUE AQUI
Você está aqui: Início
  • Decrease font size
  • Default font size
  • Increase font size
Privados vão poder criar pólos de desenvolvimento indústrial em Angola

O ministro angolano da Economia, Abraão Gourgel, afirmou hoje (terça-feira), em Luanda, estar prevista a criação de pólos de desenvolvimento industrial privados, no âmbito do programa de reindustrilização em curso no país.

De acordo com o governante, que falava na apresentação do Programa de Fomento do Empresariado Nacional, apresentado na manhã de hoje, a implementação dos pólos industriais privados, ainda em estudo, exigirá, à semelhança dos de capitais mistos, ter infra-estruturas, como redes de energia, água e estradas.

Essas infra-estruturas devem ser complementadas com serviços de telecomunicações e serão implantadas em zonas estratégicas, com tradição e acesso a matérias-primas, e mercado consumidor.

Relativamente aos pólos de desenvolvimento industrial já criados, disse haver ainda um baixo aproveitamento, por estes, dos recurso locais e que recorrem, sobretudo, à importação, facto que deve ser contraposto por um maior fornecimento de matérias-primas nacionais.


A concentração industrial apresenta como vantagens a economia de recursos na dotação de infra-estruturas numa dada zona, ao invés de fazê-lo de forma dispersa e os ganhos da organização urbanística do território decorrentes da protecção ambiental das áreas residenciais”, frisou o ministro.


Oito pólos de desenvolvimento industrial estão criados no país nomeadamente em Viana e Bom Jesus, no eixo Luanda-Bengo, Fútila e Soyo (Cabinda-Zaire), Matala e Tômbwa (Huíla-Namibe) e Catumbela e Caála (Benguela-Huambo).

Neste domínio, está perspectivada a criação dos pólos industriais do Kunje (província do Bié), Mucoso (Kwanza Norte), Negage/Samza Pombo (Uíge), Catoca (Lunda Sul) e Cassinga (Huíla).

Fonte: Angop, 05 de Abril 2011

 
Faixa publicitária