Bolsa de Negócios e Emprego de Angola

O MEU EMPREGO está aqui.

Na Bolsa de Negócios e Emprego de Angola
 
você vai encontrar de certeza um emprego
 
à SUA medida.
Você está aqui: Início Notícias Notícias Kwanza Sul ganha em 2012 centro de formação marítimo
  • Decrease font size
  • Default font size
  • Increase font size
Kwanza Sul ganha em 2012 centro de formação marítimo

A província do Kwanza Sul vai contar, a partir de Junho de 2012, com um centro de formação marítima a ser construído na comuna do Kikombo, município do Sumbe, num investimento de 90 milhões de dólares norte-americanos da Sonangol.

O centro estará vocacionado à formação de cadetes de alto mar nos cursos de marítimos de mestrança e marinhagem, oficiais de certificado restrito e outros cursos intensivos que são exigidos pelas unidades internacionais de navegação marítima.
 
O lançamento da primeira pedra para o início da construção da infra-estrutura teve lugar hoje (quarta-feira) e coube ao governador provincial, Serafim Maria do Prado, que na sua intervenção enalteceu a abrangência do projecto, considerado “extremamente” importante para a formação de quadros no sector marítimo.
 
Considerou "uma mais valia" para a província e o país e garantiu o apoio do seu pelouro na concretização do projecto, tendo apelado assistência às populações circundantes, no âmbito social, segundo garantiram os responsáveis do projecto.
 
“É sempre bom que as populações, além de beneficiarem deste projecto, possam também ter acesso a outras áreas em que são carentes sobretudo nas questões ligadas à saúde, abastecimento de água e habitação condigna, de modo a combater distorções do ponto de vista social”, frisou.
 
Em declarações à imprensa, o porta-voz do projecto, Amarildio Vicente, informou que a infra-estrutura vai ocupar uma área de 72 hectares e terá edifícios para acomodação dos estudantes, para a administração, armazém, oficinas de engenharia naval, engenharia mecânica, edifícios para salas de aula, laboratórios, centro de pesquisa, estação de tratamento de água, zona de lazer, portarias e unidades de treino a incêndios.
 
A obra está a cargo da empreiteira Mota Engil, sob a coordenação e fiscalização da Engexpor Angola, e será executada num prazo de 12 meses.
 
A primeira fase do projecto foi concluída em 2010 e compreendeu a construção de dois quilómetros de estrada de acesso ao local.
 
O centro arrancará em 2012 com 96 estudantes, sendo a sua capacidade total de 228 a ser atingido até 2018. Empregará pelo menos 86 funcionários entre nacionais e estrangeiros.

Fonte: Angop, 06 de Abril de 2011

 
Faixa publicitária